Prefeitos vão a Alagoas para audiência sobre Usinas no Pontal

Prefeito de Capinópolis, Cleidimar Zanotto, onde está a sede da Usina Vale do Paranaíba, afirmou que é muito importante essa ação em conjunto dos prefeitos de toda região, pois ambas as Usinas representam muito para o Pontal, especialmente na geração de emprego

IPIAÇU – Mais uma vez os prefeitos da região do Pontal foram a Alagoas para audiência, na busca de solução para reabertura das Usinas Vale do Paranaíba (Capinópolis) e Triálcool (Canápolis).

“Estivemos conhecendo os novos administradores do Grupo da Massa Falida, onde nos relataram alguns avanços no trabalho e que vão fazer alguns ajustes necessários para prosseguirem com o andamento das negociações para reabertura, tanto da Usina Vale do Paranaíba, quanto da Triálcool. Disseram também, que já tem alguns usineiros procurando o Grupo para conversarem sobre a compra da Vale. Estivemos também com o Desembargador Tutmes Airan, que é o relator, e que está à frente do processo onde nos atendeu em uma audiência no Tribunal de Justiça de Alagoas”, relatou o prefeito de Ipiaçu e presidente da AMVAP – Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba, Leandro Luiz (Léo).

De acordo com o site de notícias “Alagoas24horas”, em março, o juiz Leandro de Castro Folly, de Coruripe, numa decisão subscrita pelos magistrados Phillippe Melo Alcântara Falcão e José Eduardo Nobre, afastou hoje o administrador judicial da massa falida do Grupo João Lyra, João Daniel Marques Fernandes, determinando sua substituição pela pessoa jurídica Lindoso e Araújo Consultoria Empresarial Ltda, de Recife, Pernambuco.

No mesmo despacho o juiz também determinou o imediato afastamento do gestor judicial Luiz Henrique da Silva Cunha e do perito Joel Ribeiro dos Santos Júnior. O juiz entendeu que, uma empresa especializada, daria novo impulso ao processo de falência em curso, principalmente a nomeada por possuir um corpo de profissionais qualificados. Alegou, também no seu despacho, que a “nomeação da mencionada pessoa jurídica especializada implicará uma significativa  economia para a massa falida, eliminando-se as despesas com gestor judicial e com perito”.

Na comitiva estiveram presentes os prefeitos de Ipiaçu – Leandro Luiz (Léo), Capinópolis – Cleidimar Zanotto, Canápolis – Ualisson Silva e Cachoeira Dourada – Ovídio Dantas, além do vereador de Capinópolis João Mackoul, e do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Capinópolis, Alan Santana.

“É uma luta, uma verdadeira peregrinação para a busca de solução para ambas as usinas, cujo fechamento representa um grande prejuízo para toda a região do Pontal”, disse o prefeito de Ipiaçu.