Secretaria de Saúde realiza palestra Antimanicomial

IPIAÇU – O mês de maio serviu para ser tratado um tema de muita importância, que muitas vezes não quer ser discutido entre familiares ou pessoas próximas a quem de fato precisa de tratamento.

A Luta Antimanicomial não foi esquecida em Ipiaçu, que teve uma reunião de Saúde Mental, promovida pela equipe de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde, onde a palestrante, psicóloga Juliana, abordou o tema com o objetivo de sensibilizar profissionais e pacientes, quanto a importância de ocorrer a reforma manicomial.

De acordo com especialistas do setor, com o lema “por uma sociedade sem manicômios”, diferentes categorias profissionais, associações de usuários e familiares, instituições acadêmicas, representações políticas e outros segmentos da sociedade questionam o modelo clássico de assistência centrado em internações em hospitais psiquiátricos, denunciam as graves violações aos direitos das pessoas com transtornos mentais e propõe a reorganização do modelo de atenção em saúde mental no Brasil a partir de serviços abertos, comunitários e territorializados, buscando a garantia da cidadania de usuários e familiares, historicamente discriminados e excluídos da sociedade.