Secretaria de Saúde avalia qualidade da água em Ipiaçu

IPIAÇU – São mais de 1600 ligações de água em Ipiaçu, que desde 2015 vem recebendo água tratada e com qualidade. “Tínhamos um grande número de casos de diarreia por conta da água, e desde que instalamos o equipamento de cloração, esses índices diminuíram em quase 100%”, afirma o prefeito de Ipiaçu, Léo da Rádio, responsável pelo início desse tratamento.

Segundo a diretora do DEMAET, Adriana Sena, nesta semana a Secretaria Municipal de Saúde recebeu o relatório de análise da água, por parte da Gerência Regional de Saúde, tendo sido feita em Laboratório autorizado pelo Governo, em Belo Horizonte.

A água enviada para Análise em Belo Horizonte foi coletada entre os dias 24 de abril e 17 de maio desse ano em vários pontos, como: Escola Municipal Barão do Rio Branco, Escola Municipal Alice Martins Barcelos, Caixa D’água do Bairro Padre Cícero, Caixa D’água do Estádio Homero Santos, e ainda na Avenida Capanema e Avenida Mato Grosso.

De acordo com o responsável pelo Tratamento de Água do DEMAET, Volnei José da Silva, a análise feita na água observou quanto a Turbidez, Ph, Coliformes totais e Escherichia coli. “A cloração é um método de tratamento eficaz para água retirada de Poços Artesianos, como é o caso de Ipiaçu. Diferente de quando tem que se tratar água coletada em córregos ou rios”, disse.

“Essa é mais uma grande conquista para Ipiaçu. São milhares de pessoas que bebem dessa água no dia a dia, inclusive a minha família. Fico feliz e tranquilo em saber que estamos bebendo água de qualidade em nossa cidade”, avalia o prefeito.